#fishingtheplastic
O que é?

O projeto #fishingtheplastic promovido pela BUSINESS as NATURE (BasN), em parceria com a Câmara Municipal de Ovar (CMO), é um dos seis projetos vencedores do concurso “Small Grants Scheme #1 – Projetos para a prevenção e sensibilização para a redução do lixo marinho “, financiado pelo Programa Ambiente do Mecanismo Financeiro EEA Grants, o qual recebeu 24 candidaturas.

Video de Apresentação do projeto
Objectivos

O projeto tem como objetivos sensibilizar, de forma inovadora e consistente, os principais públicos que interagem com o mar e cujas atividades e ações apresentam potencial impacto no fluxo de plástico nos oceanos, de origem em atividades terrestres, de modo a:

  • criar práticas e hábitos para a prevenção e redução dos plásticos nos oceanos, em especial o plástico de uso único,
  • promover a transição para uma economia circular,
  • contribuir para o desenvolvimento de uma cultura mais responsável e sustentável,
Para quem e como?

O projeto destina-se a toda a comunidade do município de Ovar, trabalhando de forma distinta e específica diferentes públicos, com iniciativas inovadoras, envolventes e direcionadas, envolvendo diferentes stakeholders locais associados à pesca e atividades com o mar, como sejam, empresas, associações desportivas, recreativas e de lazer.

Conscientes de que o voluntariado é fundamental para a resiliência, solidariedade e coesão social da comunidade, dando força ao sentido de responsabilidade individual e coletivo, em prol de um bem comum, o projeto #fishingtheplastic prevê o envolvimento de trabalho voluntário em várias atividades.

Comunidade Piscatória em particular Comunidade Feminina (mulheres da comunidade piscatória e/ou residentes em Ovar)

Considerando a importância que as atividades das comunidades piscatórias representam no fluxo de plástico nos oceanos e de como a sua ação pode contribuir para a sua diminuição, o projeto prevê o envolvimento direto da comunidade piscatória, com particular incidência nas mulheres. A participação ativa deste público alvo visa valorizar e promover o papel da Mulher na sociedade, catalisando a sua ação, como influenciadoras, na família e comunidade, na transição para uma economia circular. Sendo esta comunidade uma das partes interessadas mais relevantes na adoção de práticas para a sustentabilidade e preservação dos oceanos, o projeto prevê:

  • Presença como principais destinatários da Sessão Pública de Lançamento do Projeto;
  • Realização de sessões de sensibilização e acompanhamento;
  • Concurso Redes nas Redes, onde as mulheres Ovarenses são desafiadas a produzir peças e artigos utilizando resíduos de plástico marinho, utilizando a tecnologia Precious Plastic.
    Este concurso envolve:

    • Realização de Workshops – “Reciclagem / UpCycling de Plástico”;
    • Produção das peças;
    • Exposição itinerante dos artigos / peças em locais estratégicos e de acesso ao publico, de forma a promover a visibilidade e conhecimento do que se pode fazer a partir de resíduos de plástico marinho,
    • Produção de um suporte divulgativo das mulheres participantes e peças produzidas,
    • Atribuição de prémios.
  • Definição do Modelo de produção e comercialização de objetos produzidos a partir de resíduos plásticos, cujas receitas reverterão para a comunidade piscatória, contribuindo para a sua motivação na recolha destes resíduos e na diminuição do plástico nos oceanos.
  • Aquisição de novos contentores para separação do plástico marinho e decorados com os desenhos do Concurso “Pescar o Plástico” da Pré-escola e 1ºciclo;

Comunidade Escolar

O futuro é das crianças / jovens de hoje, sendo fundamental formar jovens mais participativos e pró-ativos na prevenção e resolução de situações problemáticas para o ambiente e promover o sentido de responsabilidade individual e coletivo e de cidadania ambiental.

O projeto prevê diferentes iniciativas para os diferentes graus de escolaridade, que têm por objetivo sensibilizar e aumentar a consciencialização dos/as jovens para a problemática do lixo marinho e dos resíduos de plástico, estimulando-os/as a procurar soluções de redução e prevenção do consumo de plástico, em particular os de uso único.

  • Pré-Escola – Oficina de Construção de Caixotes de Resíduos com Garrafas de Plástico
    Uma verdadeira sessão de upcycling, construindo caixotes com garrafas de plástico!
  • Pré-Escola e 1º Ciclo – Concurso de Desenhos “Pescar o Plástico”
    Como é que estes meninos / meninas nos vão transmitir por desenho a sua mensagem sobre a problemática dos resíduos de plástico nos oceanos? Vamos ver!
  • 2º Ciclo – Concurso de fotografia “Plástico Fora”
    Os/As alunos/as do 2º ciclo são desafiados simplesmente a observarem e estarem atentos/as ao que os/as rodeia e reparar em bons e maus exemplos de utilização de plásticos e de redução, reutilização e reciclagem de resíduos de plástico. Depois é só tirar uma fotografia e concorrer!
  • 3º Ciclo e Secundário – Concurso de vídeo “3 dias sem Plástico”
    Os/As alunos/as do 3º ciclo e Secundário são desafiados a tentar viver 3 dias sem plástico. Como é? Que alternativas ao plástico? Reduzir, substituir, eliminar … em 1 vídeo de 1 minuto!
  • Todos estes concursos são acompanhados de sessões de sensibilização e de Educação Ambiental, divulgação dos trabalhos nas redes sociais (exposição digital), produção de materiais de divulgação e atribuição de prémios!
  • Programa “Embaixadoras da Sustentabilidade – Escola&Bairro” com a realização de um Bootcamp – alunas do secundário.

Sabemos que o caminho para uma maior sustentabilidade passa pela igualdade de género. Este programa visa capacitar as jovens na área da sustentabilidade, com enfoque no consumo sustentável, na transição para uma economia circular e de baixo carbono, bem como desenvolver competências em liderança e pensamento criativo. Estas jovens serão o Focal Points na sua escola / bairro para a sensibilização e implementação das boas práticas de sustentabilidade, integrando um programa de mentoria.

População em geral / Veraneantes

  • Campanhas de limpeza de praias para recolha de resíduos e sua caracterização;
  • Sessões de Observação de Microplásticos na areia e em espécies marinhas;
  • Teatro de rua participativo alusivo ao plástico nos oceanos – “A Tartaruga Entupida
  • Distribuição de brindes (garrafas reutilizáveis, sacos de pano);
  • Colocação de bebedouros de praia para enchimento de garrafas;
  • Criação e colocação de Outdoors nas praias em época balnear para sensibilização dos resíduos plásticos nos oceanos, elaborados de forma inovadora com os próprios resíduos de plástico;
  • Exibição do vídeo #fishingtheplastic, através das redes sociais e outros canais de comunicação; 
  • Exibição das reportagens relativas ao desenvolvimento do projeto (os momentos do projeto em vídeo);
  • Participação nas Sessões de Abertura e Fecho do Projeto

Estabelecimentos de restauração e bares instalados na praia e zonas ribeirinhas

  • Realização de Auditorias ao Plástico; 
  • Definição de plano de ação de redução de consumo de plástico de consumo único e melhoria;
  • Monitorização e acompanhamento para uma maior eficácia da implementação do plano;

Associações profissionais, desportivas, recreativas e de lazer associadas à pesca e ao mar

  • Convite para participação nas Ação de Sensibilização Geral, sessões de abertura e fecho do projeto; 
  • Envolvimento stakeholders
A imagem do projeto

Siga o hashtag #fishingtheplastic nas nossas páginas das redes sociais!

Na imagem do #fishingtheplastic está depositado o seu principal objetivo de sensibilizar os diferentes públicos com a interação com o mar e mostrar o impacto real que estes podem ter no aumento da aplicação dos princípios da economia circular, prevenção, redução e reciclagem dos plásticos que existem nos Oceanos. 

O nome – fishing the plastic – diz tudo! Vamos à pesca do plástico!

O símbolo cardinal (#), das tão populares hashtags, que tão bem nos ajudam a pesquisar e procurar conteúdos que nos interessam nas redes sociais, representa aqui, também, as redes. As redes dos pescadores para apanhar e pescar o peixe, fazendo-nos lembrar a comunidade piscatória e toda a comunidade que interage com o mar, os nossos destinatários do projeto. 

O estilo arredondado das letras remete-nos para o conceito de economia circular bem como, para a vertente feminina, para a qual o projeto tem especial enfoque de valorização na sociedade e economia. 

As cores escolhidas, cores claras mas fortes e chamativas, simbolizam as zonas balneares, o sol, o calor e praias limpas e saudáveis, muito associado ao nosso País e às praias da região de Ovar, mantendo a ligação com as cores da BasN (rosas e verdes) e da CMO (amarelos e azuis).

O projeto #fishingtheplastis e os ODS

Na base do projeto está o alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e o seu contributo para estas metas.

Os ODS que trabalhamos neste projeto são:

Timeline e Resultados

Veja aqui a sua evolução e resultados.

#fishingtheplastic timeline

Dez.2020

Concurso “3 dias sem plástico” – 3º ciclo e secundário

 

Já está no ar! Acompanhe nas redes sociais!

Dez.2020

Concurso “Plástico Fora” – 2º ciclo

 

Já está no ar! Acompanhe nas redes sociais!

16/11/2020

Lançamento do Video #fishingtheplastic

A assinalar o Dia Nacional do Mar, a BasN lançou neste dia o vídeo de curta-metragem #fishingtheplastic, de sensibilização e consciencialização para a problemática do plástico marinho, com vista à promoção de práticas e hábitos para a prevenção e redução dos plásticos nos oceanos, em especial plástico de uso único, e transição para uma economia circular.

 

Ler a notícia  |   Video PT  |  Video EN

12/11/2020

Lançamento do Imagem do Projeto

Na imagem do projeto #fishingtheplastic está depositado o seu principal objetivo de sensibilizar os diferentes públicos com a interação com o mar e mostrar o impacto real que estes podem ter no aumento da aplicação dos princípios da economia circular, prevenção, redução e reciclagem dos plásticos que existem nos Oceanos.

Conheça o seu significado!

 

Saber mais

26/09/2020

1ª Iniciativa de Recolha de Lixo na Praia

 

 

A celebrar o Dia Internacional de Limpeza Costeira e o World Cleanup Day estivemos na Praia do Furadouro Sul.

  • 84 participantes na iniciativa (9 grupos até 10 pessoas, 1 deles de crianças em idade escolar)
  • 5 monitores voluntários a acompanhar os grupos
  • 1,5 km de praia
  • 147,5 kg de lixo marinho recolhido

 

Ver video  |  Equipa de monitores

15/06/2020 a 19/07/2020

Concurso “Pescar o Plástico” – alunos/as da pré-escola e 1º ciclo do Município de Ovar

 

Fantásticos os desenhos que estes meninos/as fizeram! Um especial agradecimento para eles e para os seus professores/as, que nesta reta final do ano aceitaram mais este desafio.

  • Participação de 47 alunos/as;
  • Apresentados 43 desenhos / mensagens sensibilizadoras;
  • Votação online, via facebook, com alcance de 56.252 pessoas.

 

Ver os desenhos  |  Ver os vencedores

19/06/2020

Evento de Apresentação dos Projetos, promovido pela SGA

 

Realizado no Terminal Cruzeiros do Porto de Leixões em modelo híbrido, com a presença do Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes; do Secretário de Estado de Planeamento José Gomes Mendes; do Embaixador da Noruega em Portugal, Anders Erdal; da Coordenadora da Unidade Nacional de Gestão do Mecanismo Financeiro, Susana Ramos; e, da Secretária-Geral do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, Alexandra Carvalho.

 

Saber mais

08/06/2020

Assinatura do Contrato

A assinatura do Contrato, ocorre no dia 8 de junho de 2020, Dia Mundial dos Oceanos. Uma mera casualidade, que acaba por significar muito e na qual depositamos o nosso compromisso com a redução e prevenção da poluição dos Oceanos.

 

 

Ler publicação

Março/abril 2020

Aprovação do Projeto

 

A comunicação da decisão de aprovação das candidaturas por parte da Secretaria Geral do Ambiente e Ação Climática, Operador do Programa Ambiente do EEA Grants (Link), é recebida na altura em que corriam as primeiras notícias sobre a pandemia provocada pela COVID-19 e estávamos à porta do 1º confinamento, longe de percebermos toda a esta sua evolução.

 

Ler notícia